Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Notícias

Destaques

Novidades

Editorial

Cabesp, uma reflexão necessária

A Abesprev participou das negociações, junto a outras entidades, e se convenceu da necessidade em reajustar a mensalidade da Cabesp, de 2,5% para até 6% escalonados em três etapas anuais, em virtude da majoração dos preços médicos praticados bem acima da inflação; do aumento do volume de atendimentos médico/hospitalar diante da elevação da idade dos usuários; de novos procedimentos e exames de custos altos; e pela queda acentuada dos rendimentos financeiros de suas reservas.

A análise dos números do Plano Direta, conforme se afere no Relatório Anual-2017 da Cabesp, mostra que em 2016, quando o quadro de assistidos era de 49.100 pessoas teve um resultado positivo nas reservas de R$ 1.462.236,00 e, em 2017, com 47.600 pessoas assistidas o resultado positivo foi de R$ 496.701,00, ou seja, gasto com menos pessoas foi bem maior. A continuar nessa progressão, em alguns anos, os rendimentos das reservas serão insuficientes para complementar o pagamento das despesas, tendo que ser paulatinamente consumidas as reservas até exaurir completamente em 2040, quando haverá, ainda, 10 mil pessoas no quadro de assistidos.

Isso nos mostra que a Cabesp precisa urgentemente de nutrição financeira através do reajuste das contribuições mensais, arcando o Banco com igual reajuste.

Ainda sobre Planos de Saúde, sabe-se que os jornais têm informado que até junho deste ano a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) deve publicar mudanças nas regras a fim de possibilitar às operadoras o direito de incluir nos novos contratos cláusula instituindo “franquias” semelhantes ao que acontece hoje com o seguro de carros. A norma a ser expedida diz que a “coparticipação” e a “franquia”, modalidades nas quais o cliente arca com uma parte dos custos do procedimento assistencial, ainda não definiu qual será o valor limite por ano, mas acentua que tais participações no custeio não podem ser superiores ao valor pago em 12 (doze) mensalidades do plano.

Limites absurdos e inadmissíveis que agredirão o bolso do usuário consumidor de Plano de Saúde, ao ponto de afastá-lo do sistema ou forçá-lo aceitar plano que dê apenas uma assistência médica básica, sem direito a exames, procedimentos e tratamentos de excelentes tecnicidades. Se assim for, somente os ricos terão chance de receber tratamentos especiais. Ainda bem que os atuais usuários do Plano Direta é do Plano Família estão protegidos contra a nova regra, a qual somente poderá ser adotada aos novos contratos, mas não estarão livres de possíveis investidas nesse sentido por parte da Cabesp, caso não aprovemos em assembleia específica a indicada majoração das contribuições.

Conheça nossos Parceiros e as vantagens oferecidas aos associados da ABESPREV

Despachantes, desconto em alimentação e cooperativa de crédito integram nossos parceiros neste segmento.
SAIBA MAIS

Classificados

A Abesprev quer ajudar você a divulgar um produto, um serviço, algo que você queira vender, alugar ou até doar.
Para isso estamos revitalizando nossa seção classificados.
Para utilizá-la preencha corretamente o formulário com todas as informações que julga necessária.
Avaliaremos sua solicitação e entraremos em contato ao publicar seu anúncio.
A mensagem será encaminhada ao email: classificados@abesprev.com.br

Classificados


Outras Notícias