Câmara aprova proposta e capital paulista deve ter feriadão nesta semana

A Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou na tarde desta segunda-feira (18), projeto que permite a antecipação de feriados na capital paulista e a cidade deverá ter um feriadão prolongado, ainda nesta semana, como forma de combater o novo coronavírus. O projeto foi enviado às pressas pela Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB).

A proposta aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo também permite que medida seja tomada por decreto durante a prevalência da atual pandemia. A prefeitura deve publicar nesta terça (19) a confirmação das datas.

A ideia é que os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra sejam celebrados na próxima quarta-feira (20) e quinta-feira (21), respectivamente. Para emendar com o fim de semana, Covas afirmou que pretende decretar ponto facultativo na sexta (22). Assim, o feriado prolongado será esticado por até 6 dias, contando a segunda-feira (25), já que o governador João Doria (PSDB) pretende antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista de 1932 (celebrado originalmente em 9 de julho) para o início da semana que vem.

Doria vai protocolar na Assembleia Legislativa um projeto de lei para antecipar a data, que deve tramitar em regime de urgência.

Segundo Covas, a medida visa conseguir ampliar o índice de isolamento social na cidade, que é o epicentro da pandemia de Covid-19 no Brasil. O distanciamento é uma das principais medidas de combate a doença, mas o valor considerado mínimo de 50% de isolamento social não tem sido atingido em São Paulo, principalmente durante a semana.

De acordo com o prefeito, índices acima de 50% têm ocorrido com mais frequência em feriados e nos finais de semana, por isso a proposta de antecipação dos feriados. No último domingo (17), a capital teve 56% de isolamento social.

“Ficou muito claro que ao longo dos finais de semana e feriados nos últimos 56 dias, nós temos índices mais elevados de isolamento e isso contribui para o controle da pandemia”, acrescentou Doria.

As cidades da Grande São Paulo e da Baixada Santista, duas das regiões mais atingidas pela pandemia, no estado, de acordo com o governo, estão sendo incentivadas, segundo Doria, a também antecipar feriados municipais.

Segundo o governador de São Paulo, a antecipação dos feriados, assim como outras ações, são tentativas de controlar a pandemia sem precisar utilizar de um lockdown. (Agora São Paulo)