Liminar garante posse de diretora eleita do Banesprev

Liminar concedida ontem (13/07) pela 2ª Vara Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal garante a posse de Maria Auxiliadora Alves da Silva como diretora de administração eleita do Banesprev, cuja habilitação havia sido indeferida pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) no fim de junho. A posse havia sido indeferida porque, segundo a autarquia, a diretora eleita “não preencheria todos os requisitos estabelecidos pela Instrução 13 da Previc”.
Maria Auxiliadora havia sido condenada pela autarquia à época em que foi dirigente da Fundação Geap, mais de uma década atrás, a uma suspensão de 180 dias que afirma já ter cumprido. Segundo a advogada Renata Mollo dos Santos, sócia da Mollo e Silva Advogados, a decisão concedida ontem “veio corrigir falhas no processo administrativo conduzido pela Previc”. A Previc não se pronunciou sobre a decisão da 2ª Vara Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal, alegando que não comenta decisões judiciais. (Investidor Institucional)