Migrar para Plano CD – bom pro banco, ruim pra você.

Santander aproveita a pandemia para prejudicar participantes

 

Na última sexta-feira, dia 12 de junho, o Banesprev publicou um comunicado em seu portal falando sobre a retomada da discussão da criação de um novo plano CD (Contribuição Definida).

É motivo de preocupação quando o Santander contraria o que ele mesmo havia escrito em ofício, datado de 21 de março, suspendendo esse processo em razão da pandemia do Covid – 19.

Na referida correspondência, o Banco reconhece que o momento não é propício para a discussão e comunica ao Banesprev, que o debate só seria retomado futuramente, “passado esse momento de adversidade que o mundo enfrenta”, palavras do próprio banco assinada pelo Diretor Vice-Presidente Executivo, Carlos Rey de Vicente e pela Diretora Vice-Presidente Executiva de Finanças, Estratégia e Qualidade, Vanessa de Souza Lobato Barbosa.

Leia o ofício na íntegra

 

Ardilosamente, tenta jogar participantes contra seus representantes

Ainda no comunicado recente do Banesprev, com a clara intenção de colocar os participantes contra seus representantes, menciona que as associações foram convidadas e não compareceram na reunião que marcou o retorno das discussões.

Acontece que as Associações e sindicatos encaminharam duas correspondências à Direção do Banco, reivindicando que cumprisse aquilo que ele mesmo escreveu, ou seja que mantivesse suspenso o processo até a pandemia estar sob controle.

Infelizmente, o Santander – na contramão do que dizem OMS (Organização Mundial da Saúde), infectologistas e especialistas em todo mundo – não atendeu à reivindicação das Associações e sindicatos e insiste na retomada do debate no momento em que a curva de contágio e mortalidade cresce diariamente, lamentavelmente.

 

O que está por trás dessa proposta de migração?

O Santander, desde a privatização, sempre deixou muito claro que sua intenção é reduzir seus riscos e acabar com o compromisso que tem com os funcionários do antigo Banespa.

Se está preocupado com o futuro dos participantes, por que não cumpre com sua obrigação e paga os valores referentes ao serviço passado do Plano II, por exemplo?

Por que não paga os valores referentes ao congelamento absurdo, bem como as gratificações dos funcionários aposentados Pré-75, que já foram julgadas procedentes pelo STF e estão sendo proteladas?

 

É público e notório que um plano BD (Benefício Definido) é infinitamente mais benéfico ao trabalhador do que um plano CD (Contribuição Definida). Só que isso o Banco e o Banesprev não falam.

“Migrar para um plano CD é bom para o Banco e MUITO ruim para você”

Em breve, as Associações e sindicatos divulgarão mais informações e publicarão um jornal específico sobre o tema.

É fundamental que todos os participantes, dos diversos planos, tenham informação e saibam quais são as reais intenções do patrocinador. Para isso, as Associações e sindicatos pedem que se mantenham informados por meio das redes sociais e dos sites das entidades:

Abesprev: www.abesprev.com.br

Afabesp: www.afabesp.org.br

Afubesp: www.afubesp.org.br

Sindicato dos Bancários de São Paulo: www.spbancarios.com.br

Fetec SP: www.fetecsp.org.br

Feeb SP MS: www.feeb-spms.org.br

Contraf: www.contrafcut.org.br