Plano de saúde cobre novos tratamentos

Entrou em vigor ontem a lista de 18 novos procedimentos, estabelecidos pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), que devem ser cobertos pelos planos de saúde –além da ampliação de cobertura de outros sete procedimentos, incluindo oito medicamentos contra o câncer. Pela primeira vez, a lista traz tratamento de esclerose múltipla.

Para a advogada especializada em saúde Ingrid Carcales, a proposta é insuficiente e contempla mais as operadoras do que os beneficiários. “Ainda há procedimentos muito requisitados, como o implante de válvula aórtica, que nunca entram na lista, enquanto casos mais raros são incluídos”, compara ela, que questiona os critérios técnicos usados para definir a relação. (Agora São Paulo)